http://links.lomadee.com/ls/TzNTUDtVWlgyM2JVNDsyNDgxOTc5MjswOzEzNTszMzYyMjIyODs7QlI7MTs-.html?kw=time%2Cjogo%2Cclube%2Catletico%2Cgol%2Cvitoria%2Cpalmeras%2Cderrota

quarta-feira, 12 de setembro de 2012

Furacão goleia mais um na briga pelo G4 da serie B



Paulo Baier deixou sua marca
O Atlético recebeu o CRB nesta terça-feira (11), no Janguito Malucelli, debaixo de forte sol e com grande apoio do torcedor rubro-negro. Com 4.038 torcedores acompanhando, o Furacão venceu mais uma e bateu o CRB por 4 a 1, com belos gols de Elias, Marcelo (duas vezes) e Paulo Baier.

No primeiro tempo, o Furacão já mostrou que estava pronto para conquistar mais três pontos e brigar por uma vaga no G4. Aos sete minutos, Pedro Botelho sofreu falta na esquerda. Elias e João Paulo foram para a cobrança, mas foi o volante que fez a cobrança, que resultou em uma boa defesa do goleiro Cristiano, mandando para escanteio.

Pouco depois, aos 10, Elias e Daniel trabalharam bem a bola no meio de campo e o primeiro arriscou de fora da área, para nova defesa do goleiro adversário. No minuto seguinte foi a vez de o atacante Marcelo realizar jogada de velocidade pela esquerda e arriscar chute, que mais uma vez parou nas mãos do goleiro.

E o Rubro-negro continuou pressionando. Em cobrança lateral de Henrique, Elias recebeu a bola e arriscou o chute cruzado de fora da área. A bola saiu pela direita, mas arrancou gritos do torcedor. Em seguida, o CRB tentou chegar em cobrança de falta, mas então foi a vez de o goleiro Weverton fazer segura defesa.
 No contra-ataque seguinte, Marcelo levou a bola até o fundo e cruzou, mas o atacante Marcão, de cabeça, acabou mandando para fora, desperdiçando a melhor chance até então. Mas não demorou muito e, em bela jogada, o Furacão abriu o placar. Aos 34 minutos, Pedro Botelho cruzou da esquerda e Elias, de voleio, marcou o primeiro gol atleticano.

Dois minutos depois, Elias cobrou falta da direita e, em confusão na pequena área, a defesa colocou pela linha de fundo. Na cobrança de escanteio de João Paulo, Marcão cabeceou e mandou a bola no travessão. A resposta do CRB veio aos 38 minutos, em chute da esquerda, mas o goleiro Weverton mais uma vez foi seguro no lance.

E não demorou a sair o segundo gol rubro-negro. Aos 39 minutos, João Paulo tocou para Marcelo, que limpou a marcação com um chapeu e ampliou.

Substituições e gols

Na volta do intervalo, o Furacão foi a campo mais tranquilo e administrando o resultado conquistado na primeira etapa. O CRB, com duas substituições por lesões no primeiro tempo, foi mais cauteloso.

A primeira chance rubro-negra aconteceu aos 10 minutos, em cobrança de falta de Elias. O meia chutou da intermediária e o goleiro Cristiano foi obrigado a mandar pela linha de fundo. Dois minutos depois, Pedro Botelho foi à linha de fundo e cruzou para finalização de Henrique, que o goleiro Cristiano salvou mais uma vez.

Aos 19, Deivid cometeu falta e, na cobrança do CRB, o goleiro Weverton se esticou e fez grande defesa. Pouco depois, o técnico Ricardo Drubscky promoveu a primeira mudança no Atlético. O comandante sacou o lateral Daniel, que tinha recebido o cartão amarelo, e colocou Taiberson.

Aos 23, após bobeira atleticana no ataque, a bola sobrou para Paulo Vitor, que tabelou com Ricardinho. Este limpou a marcação ediminuiu o placar. Porém, o CRB não teve muito tempo para comemorar. Um minuto depois, o artilheiro atleticano nesta Série B, Marcelo, recebeu na direita, ganhou da marcação e marcou mais um, o terceiro do Furacão e o seu sétimo na competição
.

Com mais um no marcador, o Furacão retomou a força do primeiro tempo e passou a pressionar ainda mais. Aos 29 minutos, Marcão foi à linha de fundo e cruzou, mas o goleiro Cristiano conseguiu se recuperar de uma trapalhada e salvou o que poderia ser o quarto gol rubro-negro. Dois minutos depois, o técnico atleticano promoveu mais uma substituição, colocando Felipe no lugar de Marcelo.
O atacante foi muito aplaudido pelo torcedor presente ao Ecoestádio.

Aos 38 minutos, pouco após entrar em campo no lugar de Elias, Paulo Baier deixou sua marca, levando o torcedor à loucura. Em jogada pela direita, Baier chutou de fora da área e a bola ainda fez uma curva antes de ir parar nas redes do goleiro Cristiano, que apenas observou o lance.

Antes de enfrentar o Goiás, no sábado (15), no Serra Dourada, o Atlético ainda torce contra o Goiás e Joinville, que enfrentam Criciúma e ASA, respectivamente, para permanecer no G4.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estamps Camisetas